Imemorial, A Mão e A GRANDEZA

Performance ritual em formato visita-guiada/audio-walk no centro histórico de Coimbra que elabora sobre um Portugal miscigenado, construído sobre processos de amnésia e ocultamento, usados na integração social com base no apagamento da identidade. Uma viagem ao passado de português lembrando a importância das pessoas escravizadas e seus descendentes na construção do Portugal moderno, questionando sobre o que falta fazer para dignificar aqueles que também construíram o nosso país

Performance integrada no Ciclo de Teatro e Artes Performativas Mimesis, organizado pela Universidade de Coimbra, em Junho de 2021. 

Coordenação

Carlos Nicolau Antunes

Rui Filipe Antunes

 

Guião

Ricardo Fonseca Mota

 

Dramaturgia

Carlos Nicolau Antunes

Ricardo Fonseca Mota

Rui Filipe Antunes

 

Desenho de Som

Rui Filipe Antunes

 

Voz off

Carlos Nicolau Antunes

Rute Ferreira

Rui Filipe Antunes

Ações Performaticas

Inês Bastos

Jorge Vaz

Mafalda Vergueiro

Margarida Lima

Maria Giro

Miriam Bernardino

Miriam Jorge

 

Guia

Carlos Nicolau Antunes

 

Uma produção

Associação Cultural Substantivo Mágico

 

em parceria com

Interdito – Grupo de Expressão Dramática da Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra

 Fotografia © Rita Melo

Todos os direitos reservados.